Ajudem as criancinhas com Síndrome de Dálmata

Os golpistas estão cada vez mais criativos.

Atualização de preços FAIL

Quem é louco o bastante para comprar um Nokia 3310 por esse preço, em pleno ano de 2009? Mais um deslize do site da Americanas, que não atualiza o preço desse telefone há um bom tempo:

nokia3310-americanas

Clique aqui e veja ao vivo.

Afinal, quem ainda compra um Nokia 3310 hoje em dia? 😀

Roubando distraídos

Os aparelhos eletrônicos estão diminuindo de tamanho, e os seus donos estão com a atenção também cada vez menor, isso está deixando cada vez mais fácil o “trabalho” dos criminosos. No vídeo abaixo você vê um exemplo de como esses golpes são aplicados, e no resto desse post você vê um exemplo na vida real.


Leia mais deste post

Provado – IPhone é melhor do que Nokia

Muita gente reclama da falta de opções do IPhone, mas fizeram um comparativo que comprova o superioridade do IPhone em relação ao Nokia.

Pode celular na aula?

Isso me lembra um colega de blog que atendeu o celular no meio de uma prova, sorte que o professor não era bravo. 😮

Portabilidade começa a valer na segunda-feira

O presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Ronaldo Sardenberg, anunciou nesta sexta-feira, 29, que o consumidor, cada vez que desejar mudar de operadora e manter o mesmo número de telefone, seja ele de fixo ou móvel, deverá pagar uma taxa de R$ 4. Isso é válido para telefones de áreas iguais e, para estimular a concorrência, a empresa que receber o novo cliente pode se oferecer para pagar essa taxa e liberar o consumidor dos R$ 4.

A portabilidade numérica, recurso que permite que cliente troque de empresa podendo conservar o número de telefone, entra em sua primeira fase na próxima segunda-feira, 1º de setembro. O recurso valerá para assinantes de São Paulo nos códigos DDD 14 e 17 (Avaré, Bauru, Lins, Marília, Barretos, Catanduva, Santa Rica D’Oeste, São José do Rio Preto), Minas Gerais no código 37 (Campos Altos, Divinópolis e Formiga), Espírito Santo, no DDD 27 (Aracruz, Cariacica e Vitória). No Paraná, a portabilidade entra em vigor com o código 43 (Apucarana, Jacarezinho e Londrina); em Goiás com DDD 62 (Abadiânia, Goiânia, Anápolis e Ceres); em todo o estado do Mato Grosso do Sul e nas cidades de Parnaíba, Piripiri e Teresina, no Piauí (código 86).

Na mesma data também serão implementadas a portabilidade de endereço, que permite que o usuário mantenha o número de telefone ao mudar de endereço dentro de uma região com o mesmo DDD, e a portabilidade de plano de serviço, que garante, por exemplo, que o cliente passe de um plano pré-pago para um pós-pago mantendo o número de telefone.

Pelas regras da Anatel, as empresas terão prazo de 5 dias úteis para efetivar o pedido de portabilidade. Caso o cliente opte por mudar de operadora durante o período dos contratos de fidelização, caberá a ele arcar com a multa por quebra de contrato.

“Os contratos de fidelização precisam ser cumpridos. Não há redução de fidelização. A multa pela quebra de fidelização vem junto (com a conta da nova operadora)”, explica o presidente da Anatel. Na transição das operadoras, o consumidor poderá receber contas em atraso da empresa de telefonia anterior.

De acordo com a Anatel, o usuário pode mudar de operadora sempre que desejar, desde que observe as condições do contrato do plano de serviço, como a fidelização. Estão autorizadas também mudanças de números mesmo tendo um pacote de serviços associados, como banda larga ou TV por assinatura.

Ao anunciar as mudanças, Ronaldo Sardenberg evitou comentar as eventuais penalidades caso as operadoras de telefonia fixa e móvel não cumpram as regras de portabilidade. “O negócio da Anatel não é fazer ameaças. É regular e fiscalizar. Não quero dar uma conotação de ameaça. A portabilidade é uma questão de grande interesse para o público, poder trocar de empresa e conservar o seu número. É uma questão muito simples. Assim como existe a liberdade no plano da iniciativa privada é a liberdade do usuário de poder escolher a empresa”, disse.

Para solicitar a portabilidade, o usuário deve entrar em contato com a prestadora da qual deseja se tornar cliente; informar seus dados pessoais, número de telefone e nome da operadora atual; pagar a taxa à nova empresa; aguardar a habilitação do serviço; e, por fim, utilizar o telefone já com a nova operadora.

Em tese, o pedido de portabilidade pode ser negado pela operadora pelos seguintes motivos:
Caso os dados enviados pelo usuário estejam incorretos;
Caso haja outra solicitação de portabilidade em andamento;
Se o número do telefone for inexistente;
Se o número não estiver vinculado a nenhum usuário;
Se o número de telefone for temporário ou se o telefone estiver vinculado a um telefone de uso público;
E, finalmente, o pedido de portabilidade pode ser negado caso o número seja de uma operadora fixa e a portabilidade for para uma operadora móvel ou vice versa.

Retirado de Olhar Digital

Sony Ericsson (também) faz celular com câmera de 8 Megapixels

A Sony Ericsson apresentou na terça-feira o primeiro celular disponível mundialmente e equipado com câmera de alta resolução de oito megapixel, enquanto os fabricantes de celulares renovam seu ataque aos fabricantes de câmeras tradicionais.

Os melhores celulares com câmeras dispõem, há cerca de um ano, de câmeras de cinco megapixels, comparáveis à maioria das câmeras digitais. Alguns poucos modelos de resolução mais alta são vendidos na Coréia do Sul.

Agora, outros fornecedores devem seguir o exemplo da Sony Ericsson, ameaçando os fabricantes de câmeras, que estavam em vantagem devido a contagens de pixels mais elevadas e a imagens de melhor qualidade.

O modelo C905 Cybershot, da Sony Ericsson, chegará ao mercado no quarto trimestre, em tempo para a temporada de festas. Os analistas dizem que a Samsung Electronics e a LG Electronics também devem lançar, em breve, modelos dotados de câmeras mais poderosas.

A líder entre os fabricantes de celulares, Nokia, equipará seu próximo modelo principal, o N96, com uma câmera de cinco megapixels, mas também está considerado a adoção de câmeras com resolução mais alta.

As vendas de celulares com câmeras há muito superaram as de câmeras tradicionais, o que permitiu à Nokia acrescentar “maior fabricante mundial de câmeras” à sua liderança no mercado de celulares.

Os maiores fabricantes mundiais de câmeras digitais –Canon, Sony e Eastman Kodak — desfrutaram de uma expansão de 24 por cento em seus mercados no ano passado. Mas os gastos dos consumidores devem ser limitados nos principais mercados ocidentais este ano.

“O setor de celulares com câmeras está reduzindo a diferença de qualidade com relação às câmeras digitais, e isso representa oportunidade de crescimento e de atingir novos mercados”, disse Neil Mawston, analista do grupo de pesquisa Strategy Analytics.

A Nokia detinha 34 por cento do mercado de celulares com câmeras em janeiro-março, de acordo com a Strategy Analytics, com a Samsung em 20 por cento e a Sony Ericsson em 11 por cento

Fonte: Uol tecnologia

Mais especificações técnicas: http://www.gsmarena.com/sony_ericsson_c905-2427.php

Quem diria, o Samsung i8510 já tem um concorrente à sua altura…