Facilitando o uso das redes sociais pelo Chrome

Desde quando eu usei o Google Chrome pela primeira vez, percebi que o navegador tinha um grande potencial para conquistar o mercado e quando as extensões foram implementadas eu tive a certeza disso.

Além do navegador ser indiscutivelmente mais rápido do que os seus concorrentes como o Firefox e o Internet Explorer, o Chrome possui um visual limpo, que permite uma navegação descomplicada e menos cansativa.
Mas chega de falar as vantagens do Chrome, não é essa a função desse post. Mas caso você queira baixar o navegador e experimentá-lo, basta clicar aqui.

Aqui eu vou sugerir extensões que facilitam a vida daqueles que gostam de se comunicar pelo Twitter, Facebook e Orkut.

Chromed Bird: Eu já havia indicado essa extensão no meu último post sobre esse assunto, como você pode ver aqui.
Essa extensão permite que você acesse todas as funções do Twitter (publicar mensagens, ler mentions, DMs…) sem precisar acessar o site. Tudo através da sua barra de extensões e com avisos de novas mensagens, que são dados através de cores, cada cor para uma função diferente, que fica a sua escolha.
A extensão também conta com um encurtador de URLs e também com um uploader (imagens e vídeos), sendo que você pode escolher o serviço a ser usado nos dois casos.

Facebook for Google Chrome: É uma extensão bem completa que abrange quase todas as funções do Facebook.
Através dela você pode enviar atualizações, ver as atualizações suas e dos seus amigos, suas notificações em geral e até as suas mensagens diretas.
A extensão também sinaliza na barra quando existirem atividades novas em sua conta.

Facebook Photo Zoom: Uma extensão muito útil para o Facebook. Com ela, basta colocar o cursor do mouse em cima da prévia das imagens dos seus amigos, que ela será expandida, sem a necessidade de clicar.
Você pode ativar e desativar a ferramenta quando achar necessário, o ícone com essa função fica ao lado do mensageiro da rede social.

Orkut Chrome Extension: Uma ferramenta um pouco simples para o Orkut, que pode facilitar a vida daqueles que acessam o serviço ocasionalmente.
Ao instalar a extensão, um ícone do Orkut aparecerá na barra do Chrome e ao clicar nele, você pode acessar várias funções do site, como os recados, perfis, fotos… Também é possível realizar pesquisas no site através da extensão.

Migre.me e Goo.gl: Os dois são serviços de encurtamento de URLs. Essa ferramenta pode ser útil para todas as redes sociais, uma vez que basta clicar no ícone da extensão que um link encurtado será gerado e, no caso do Migre.me, copiado automaticamente para a área de transferência.
O Goo.gl é um pouco mais completo. Ele conta com funções como um gerador de QR-CODE e detalhes sobre a URL, mas por não copiar o link para a área de transferência automaticamente, eu dou preferência para a outra opção.

Bom, por enquanto essas são as dicas para quem usa o Google Chrome e acessa freqüentemente alguma ou várias redes sociais. Caso tenham alguma sugestão, compartilhem nos comentários que eu posso até fazer um novo post com novas dicas.

Até mais. 🙂

Como Burlar o novo Sistema de Tomada Brasileiro

No início do ano a ABNT alterou o padrão de tomadas brasileiro, trocando o conhecido “dois pinos redondos” por um totalmente diferente, dessa vez com três pinos redondos e que ainda, de acordo com a potência do equipamento, podem variar de espessura.

Você que comprou um equipamento eletrônico esse ano provavelmente enfrentou problemas e muita dor de cabeça ao chegar em casa e perceber que a plug do seu aparelho simplesmente não entrava nas tomadas da sua casa. Sendo assim, a saída é comprar um adaptador (coisa que 99.9998% das pessoas fazem) ou trocar todas as tomadas de casa.

Mas se você não quer comprar um adaptador (e muito menos trocar todas as tomadas de casa), um usuário do YouTube fez um vídeo demonstrando como adaptar os plugs novos nas tomadas antigas utilizando três plugs-T normais (ou benjamins, depende de onde você mora 🙂 ) :

E não é que funciona? 😀

Extensão: Capture a tela do seu navegador (Chrome & Firefox)

Sempre que surge a necessidade de capturar parte da tela do navegador, a maioria das pessoas opta pelo uso do “print screen”. Já quando existe a necessidade de capturar toda a “tela” de um site, o trabalho é ainda maior pois exige que o “print screen” seja utilizado várias vezes e unidos através de um programa de edição de imagens.

O que poucos sabem é que os dois melhores navegadores do mercado (na minha opinião, claro) possuem extensões que fazem esse trabalho para usuário. Continue vendo esse post para conhecer as extensões.

Leia mais deste post

Novo layout do Google Imagens

A Google reformulou o layout do seu serviço de busca de imagens. Agora as imagens vão aparecendo de acordo com o rolamento vertical da página, utilizando um sistema de carregamento progressivo, bem mais eficiente do que as páginas estáticas de antes.

Clique para Ampliar

Outra mudança notável é o visual mais limpo, sem as informações (URL original, nome, tamanho, etc.) logo abaixo das imagens. Agora esses dados aparecem ao pousar o cursor do mouse em cima da imagem:

E ao clicar na imagem, ela abre em seu tamanho original em uma janela, com a página de origem atrás. Se quiser ver a página original em primeiro plano, é só fechar a janela que está com a imagem em destaque.

Clique para Ampliar

Agora o Google Imagens ficou mais “Web 2.0”, mais interativo e consequentemente mais fácil de usar. Novamente a Google revolucionando o modo de como se utiliza a Internet. 😀

Eu realmente vou ficar com saudades do índice de páginas “Gooooooooooogle!” 😦

Desenhos feitos no iPad

Todos com um mínimo conhecimento em tecnologia devem conhecer o iPad, o novo e revolucionário dispositivo criado pela Apple.

Muito se fala sobre as limitações do aparelho, mas é inegável que ele possui várias ferramentas interessantes. Aproveitando o excelente touchscreen do aparelho, artistas usaram ferramentas de desenho e obtiveram um resultado incrível, confira:

Photobucket

Leia mais deste post

Uma réplica perfeita de capacete do Daft Punk

Quem gosta de música eletrônica com certeza conhece a dupla francesa Daft Punk. Donos de um som refinado e músicas com um ritmo contagiante (quem nunca dançou ao som de One More Time?), se destacam não somente pela música, mas também pelo visual que ostentam nos palcos, videoclipes e em matérias de revistas. O figurino é composto por roupas de couro, luvas e o toque principal, capacetes personalizados.

Os capacetes possuem uma grande área com LEDs que mostram imagens e formas variadas, de acordo com a situação, o que deixa as apresentações com um toque ousado e original. E, pra variar, os fãs mais fanáticos [como eu] ficam loucos pra ter um desses.

O designer americano Harrison Krix fez uma réplica PERFEITA do capacete dourado. Nenhuma outra palavra se encaixa melhor, pois a réplica ficou extremamente fiel aos capacetes “de verdade”,  incluindo os efeitos de luz totalmente funcionais. Mas para alcançar toda essa perfeição foram necessários 17 meses de trabalho, isso mesmo, quase um ano e meio dedicados na construção da réplica do capacete, mas vendo o resultado, percebe-se que cada segundo valeu a pena.

Ele fez um vídeo mostrando cada passo da construção do capacete, desde a modelagem grosseira até a inserção da parte eletrônica e acabamento final:

Incrível, não?

Vi tudo isso no próprio Blog Oficial do Designer, onde tem também muitas outras informações e detalhes sobre o projeto.

Teste a velocidade de sua conexão

Seja por problemas de conexão, ou simplesmente por curiosidade, nós, usuários que exigimos uma boa “velocidade” da nossa conexão, estamos sempre em dúvida se estamos recebendo o que foi proposto no contrato com o provedor. Saber a velocidade exata de sua conexão é praticamente impossível, mas existem vários meios de obter uma resposta aproximada para essa questão.
O primeiro deles é através de sites que fazem esse trabalho por você. Citarei dois exemplos nesse post.

O Velocímetro RJNET é um serviço nacional e a opção mais simples dessa lista. Basta entrar no site, clicar em “iniciar teste” e alguns segundos depois, você recebe um resumo detalhado de sua conexão, com taxa de download, upload e algumas extimativas de tempo de download de alguns arquivos. Um ponto negativo dessa opção é a forma como eles mostram a sua taxa de download, em kB/s. Um pouco ultrapassado considerando a popularização de conexões mais “potentes” no Brasil.

O Speedtest além de uma interface mais amigável, apresenta um serviço mais completo. Nele você pode realizar um teste de conexão usando vários sites ao redor do mundo. Dessa forma, fica mais fácil entender se o problema de velocidade vem de sua conexão, ou do servidor que você está trocando dados.
Esse serviço apresenta praticamente os mesmos dados de conexão da opção anterior, a novidade é que esse apresenta o seu “ping“.

O segundo modo é um pouco mais simples. Consiste apenas em fazer algum download de um servidor “confiável”. Não indico essa opção, afinal nenhum servidor, por melhor que seja, está isento de apresentar lentidão por alguns momentos. No entanto, existem alguns servidores que se mantém estáveis na maioria do tempo, como os da Microsoft.

__________

Vale lembrar que para obter um resultado mais preciso, é necessário que você feche programas que possam consumir parte de sua taxa de download/upload.

Caso a sua velocidade de conexão permaneça muito abaixo do contratado, não exite em exigir explicações e reparos por parte de sua operadora de banda larga e em casos extremos, realize uma reclamação com a ANATEL, o orgão fiscalizador de empresas de telecomunicação. Dessa forma, o serviço de Internet prestado no Brasil, que se encontra em situação precária, só tente a melhorar.